Última hora
This content is not available in your region

Relatório de Bruxelas critica regressão política na Roménia

Relatório de Bruxelas critica regressão política na Roménia
Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia (CE) criticou a Roménia por regredir na credibilidade das instituições políticas e judiciais. O presidente da CE elencou alguns recuos, por ocasião de um relatório sobre o progresso institucional e anti-corrupção deste país e da Bulgária, que aderiram à União Europeia em 2007.

“Vária acontecimentos na Roménia abalaram a nossa confiança: o desafio de decisões judiciais, o enfraquecimento do Tribunal Constitucional, a anulação de procedimentos estabelecidos e supressão de mecanismos de controlo põem em causa o compromisso do governo em respeitar o Estado de Direito”, disse José Manuel Barroso, em conferência de imprensa.

O relatório surge dois dias depois de uma reunião de Barroso com o primeiro-ministro Vitor Ponta, de esquerda, sobre a destituição do Presidente, Traian Basescu, de direita, que será referendada a 29 de Julho.

Ponta, que lidera o governo de desde Maio, prometeu rever algumas decisões, mas Bruxelas fará novo relatório no final do ano, pelo que a Roménia parece longe de aderir ao Tratado de Schengen, sobre livre circulação na UE.