Última hora
This content is not available in your region

Governo alemão nomeia novo chefe das secretas

Governo alemão nomeia novo chefe das secretas
Tamanho do texto Aa Aa

Hans Georg Maassen é o novo chefe dos serviços secretos alemães. Massen foi empossado pelo ministro do Interior germânico e substitui Heinz Fromm que se demitiu na sequência de um escândalo de destruição de informação sobre um dos mais violentos grupos neo-nazis da Alemanha.
Este caso levou também à nomeação de um novo responsável da Polícia Federal, Dieter Roman.

O diretor das secretas alemãs demitiu-se depois de assumir vários erros no decorrer da investigação à célula neonazi, suspeita do assassínio de 10 pessoas. Entre esses erros está a destruição indevida de documentos sobre o grupo, conhecido pela sigla NSU.
O grupo, constituído por dois homens e uma mulher, assassinou 10 pessoas: nove imigrantes e uma agente da polícia, entre 2000 e 2007.
Em Novembro, dois do NSU, depois de assaltar um banco, suicidaram-se.

Os serviços secretos alemães justificaram a destruição dos documentos com o facto de já ter passado o prazo legal para estes serem guardados, mas havia também a suspeita de que os serviços secretos tinham informadores na cidade onde estava baseado o NSU, e não queriam que fossem revelados dados sobre esses informadores.