Última hora

Italianos cortam nas férias por causa da crise

Italianos cortam nas férias por causa da crise
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Seis em cada dez italiano não vão de férias este verão por causa da crise, de acordo com um estudo da Federação Italiana de Hotelaria. Entre os que podem ter férias, mais de 75% está a ficar dentro do país, cortando muitos nos gastos. Ostia é uma praia a 30 quilómetros de Roma, que este ano está mais cheia que o habitual.

Grande parte dos italianos costumava sair do país durante as férias, mas desde o início deste ano, as reservas caíram mais de 20%.

Stefano Dragone, é dono de uma agência de viagens e afirma que “a forma como as pessoas viajam mudou. Antes as famílias costumavam sair nas férias algumas semanas. Agora marcam apenas uma ou apenas um fim-de-semana porque não pode gastar muito.”

Para evitar quebras ainda maiores, o ministério do turismo italiano está a desenvolver um novo programa de promoção de várias zonas menos turísticas do país.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.