A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Ações da Groupon afundam com resultados dececionantes

Ações da Groupon afundam com resultados dececionantes
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os investidores penalizam fortemente a Groupon. As ações da maior empresa de descontos online afundam mais de 20% em Nova Iorque, devido a resultados inferiores ao previsto.

No segundo trimestre, Groupon viu as receitas aumentarem 45% para 570 milhões de dólares, abaixo das estimativas. A empresa vê baixar também a margem de crescimento e as receitas internacionais serem penalizadas pelas taxas de câmbio e a queda da procura na Europa.

As ações atingem agora o valor mais baixo desde a entrada da Groupon na bolsa, em novembro de 2011.

Desde o início do ano perderam dois terços do valor e juntam-se ao grupo de ações tecnológicas dececionantes como Facebook.