Última hora

A distância inultrapassável entre EUA e Cuba... a nado

A distância inultrapassável entre EUA e Cuba... a nado
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na diplomacia como no desporto, os Estados Unidos e Cuba permanecem ainda a uma distância inultrapassável.

Que o diga a norte-americana Diana Nyad que, pela quarta vez, fracassou a tentativa de ligar o estreito da Florida a nado.

Nyad teve que cancelar o desafio entre Cuba e a costa de Miami devido à alta concentração de medusas que a impediram de avançar.

“É sempre difícil abandonar um desafio como este a meio. Reconhecer a derrota é talvez a parte mais difícil. Mas tenho que admitir que, ontem, quando estava a nadar, pensava em todos os discursos de quando chegasse a terra e afinal são os mesmos, quer tivesse concluído ou não esta prova. O que conta é a viagem, uma uma viagem intensa”.

Sem conseguir ligar os dois países a nado, Nyad mostra, no entanto, a determinação, aos 63 anos, em quebrar as ideias feitas sobre a terceira idade.

E para prová-lo, a nadadora afirma já que haverá uma quinta tentativa muito em breve.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.