Última hora

Procuradores pedem prisão perpétua para general Tolimir

Procuradores pedem prisão perpétua para general Tolimir
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Penal Internacional exige prisão perpétua que Zdravko Tolimir por genocídio em Srebrenica. É esta a intenção dos Procuradores das Nações Unidas pelo papel do general bósnio no massacre.

O réu, é acusado de genocídio, crimes de guerra e de crimes contra a humanidade cometidos nos anos de noventa, durante a guerra civil na Bósnia.

Tolimir, detido em 2007, foi uma das figuras mais próximas do comandante Ratko Mladic, que também enfrenta o mesmo Tribunal Internacional.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.