Última hora

Rusal corta capacidade

Rusal corta capacidade
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O principal produtor mundial de alumínio, Rusal, anunciou uma redução da capacidade em 150 mil toneladas até ao final do ano.

O anúncio surge na sequência da queda dos lucros da empresa russa no segundo trimestre.

Menor procura de alumínio a nível mundial e redução dos preços para níveis próximos dos mínimos em dois anos estariam a afectar os resultados.

A Alcoa e a Norsk Hydro, principais rivais da Rusal, também anunciaram cortes na capacidade.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.