Última hora
This content is not available in your region

Produção portuguesa em competição no festival de Veneza

Produção portuguesa em competição no festival de Veneza
Tamanho do texto Aa Aa

Arrancou o festival de cinema de Veneza, em Itália.

Na corrida ao leão de ouro está uma produção portuguesa: As linhas de Wellington, um dos 18 filmes em competição.

A abertura do festival está a ficar marcada pela ausência do cineasta iraniano, Jafar Panahi, impedido de viajar pelo regime iraniano.

Depois de ter passado quatro meses na prisão por se ter manifestado contra o presidente Mahmoud Ahmadinej, o realizador de 50 anos viu o passaporte confiscado.

Panahi não desfilou na passadeira vermelha, mas isso não impediu que fosse uma das principais estrelas em Veneza.

O filme “O fundamentalista relutante”, da realizadora Mira Nair abriu festival. Um thriller político escolhido a dedo para a ocasião.