Última hora

Rebeldes sírios atacam edifícios militares

Rebeldes sírios atacam edifícios militares
Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes sírios tentaram, nas últimas horas, ocupar edifícios militares, nas cidades de Azaz e Aleppo.

O exército ripostou e o país entrou numa nova espiral de violência.

Os bombardeamentos dos rebeldes foram direcionados para um aeroporto militar e para um edifício de defesa anti-aérea.

O secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki moon que tem conversado com as autoridades de Teerão, lançou mais um apelo, para que as duas partes terminassem com as hostilidades que estão a deixar um rasto de sangue.

Ban Ki moon pediu ao governo de Bashar al-Assad que parasse com os ataques de artilharia pesada.

Para além daquelas duas cidades, há ainda registo de intensos combates nas localidade Rankus e Saiydé Zeinal, nos arredores de Damaco.

A capital foi entretendo isolada por forças do exército, no momento em que, numa zona central, havia uma manifestação, contra Bashar al-Assad.

Há notícia também da prisão de centenas de pessoas, junto à fronteira com a Turquia, quando pretendiam fugir à guerra.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.