Última hora
This content is not available in your region

BCE faz disparar bolsas europeias

BCE faz disparar bolsas europeias
Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas reagiram de forma positiva à decisão do Banco Central Europeu (BCE) de intervir no mercado da dívida. As praças europeias fecharam em máximos de seis meses. Madrid liderou com ganhos de quase 5%, Milão mais de quatro, Frankfurt quase três, Lisboa mais de dois, destacando-se o disparo de 12% do BPI. A nível europeu, o setor bancário subiu para máximos de cinco meses no índice FTSEurofirst 300.

Sobre a decisão do BCE, Zsolt Darvas, economista no Bruegel, afirma: “A curto prazo era necessária e esta é uma decisão sensata do Conselho de Governadores. A pressão no mercado e as especulações sobre o colapso da zona euro tinham atingido um nível muito elevado. Era preciso acabar com este processo”.

A contribuir também para os ganhos dos mercados esteve a queda acima do esperado dos pedidos de subsídios de desemprego na semana passada nos Estados Unidos.

O euro está em alta, num 1,26 dólares. O ouro supera agora 1700 dólares por onça e o petróleo ganha mais de um por cento.