A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Colaboradores do KGB postos a nu

Colaboradores do KGB postos a nu
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O sítio na Internet que mostra as atividades do KGB na Lituânia durante a ocupação soviética foi abaixo, devido ao elevado número de visitas depois da publicação de novos documentos.

O Centro de Pesquisa sobre o Genocídio e a Resistência de Vilnius publicou novos dados com os nomes de 1500 colaboradores da antiga polícia política da URSS.