A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

PC chinês livra-se de Xilai antes da abertura do Congresso

PC chinês livra-se de Xilai antes da abertura do Congresso
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Bo Xilai, foi um dos políticos mais importantes da China, mas após um escândalo de suspeitas de corrupção e um caso em que a sua mulher foi condenada por homicídio, acabou de ser expulso do Partido Comunista.

Além do fim de uma promissora carreira, o antigo líder partidário da cidade de Chongqing vai ter de responder em tribunal por vários crimes.

Este analista explica que se “trata-se de acusações de corrupção contra um antigo membro político e que pode valer-lhe vinte anos de prisão, e todo o partido está extremamente ansioso para ver resolvido este assunto antes da abertura do congresso do PC”.

Desde que o escândalo que envolveu a sua mulher, Gu Kailai, condenada à uma pena de morte suspensa pelo homicídio do britânico Neil Heywood, que Xilai não era visto publicamente.

É um dos maiores embaraços das últimas décadas de Pequim, e está a ensombrar a realização do congresso que se realiza de dez em dez anos e em que será escolhido o novo líder do país.