A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Dia mortífero no Iraque

Dia mortífero no Iraque
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 24 pessoas morreram outras mais de duas dzenas ficaram feridas numa vaga de atentados e ataques armados em diferentes pontos do país.

O maior número de mortos foi registado em Al Taji, 30 quilómetros ao norte de Bagdad.

Um ataque similar aconteceu no município de Al Kut, 180 quilómetros ao sul da capital, onde cinco pessoas perderam a vida e outras seis ficaram feridas por causa da explosão de um carro-bomba dirigido por um terrorista suicida que o detonou num posto de controle no sul da cidade.

Em Bagdad, um grupo armado assassinou a tiro um funcionário do Ministério do Interior no bairro de Amel, no sudoeste, e pouco depois explodiu nas proximidades um carro-bomba que deixou quatro feridos.