A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grande Barreira de Coral cada vez mais pequena

Grande Barreira de Coral cada vez mais pequena
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O recife de corais na Grande Barreira de Coral, ao largo da costa de Queensland, na Austrália diminuiu para mais da metade, nos últimos 27 anos.
Segundo os cientistas, esta diminuição é resultado do aumento de tempestades, da descoloração em consequência das alterações ambientais e da explosão populacional de uma estrela do mar que se alimenta dos nutrientes dos corais.

Mas o recife pode ser recuperado se a estrela do mar, denominada coroa de espinhos, for mantida sob controle e se, a longo prazo, as emissões globais de dióxido de carbono forem reduzidas. A Grande Barreira de Coral é o recife de corais mais icónico do mundo, classificado pela UNESCO como património mundial.