A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

África do Sul: mineiros contestam despedimento de trabalhadores

África do Sul: mineiros contestam despedimento de trabalhadores
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de mineiros sul-africanos manifestaram-se contra o despedimento anunciado de 12 mil trabalhadores. Querem que a empresa mineira recue na decisão que visa por termo à greve.

O braço de ferro entre os mineiros e a Anglo American Platinum provocou vários mortos desde agosto e muitos acreditam que não vai ficar por aqui:

“Algo de mal vai acontecer e não tenho a certeza que a Anglo American Platinum e os líderes da África do Sul sejam capazes de assumir a responsabilidade pelo futuro derramamento de sangue” afirma um mineiro.

De acordo com o Sindicato Nacional dos Mineiros o derramamento de sangue continua. Esta sexta-feira, foi morto a tiro mais um delegado sindical, em Marikana, no noroeste da África do Sul. Trata-se do quinto representante sindical a ser morto em pouco mais de dois meses.