Última hora

Prémio Nobel da química para trabalho sobre recetores celulares inteligentes

Prémio Nobel da química para trabalho sobre recetores celulares inteligentes
Tamanho do texto Aa Aa

O prémio Nobel da química foi atribuído este ano aos cientistas norte-americanos Robert Lefkowitz e Brian Kobilka.

Segundo o comité Nobel, que anunciou esta manhã os laureados, o prémio pretende reconhecer o trabalho dos dois cientistas na àrea dos recetores celulares associados à proteína G, que permitem a produção de novos medicamentos.

Os dois cientistas partilham o prémio de oito milhões de coroas suecas, cerca 930 mil euros.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.