Última hora
This content is not available in your region

Turquia ameaça retaliar ataques sírios com "mais intensidade"

Turquia ameaça retaliar ataques sírios com "mais intensidade"
Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia ameaça responder com mais intensidade se a Síria prosseguir os ataques junto à fronteira.

De visita à região atingida pelas ações dos últimos dias, o chefe do estado maior das forças armadas turcas afirmou que a mobilização de meios militares prossegue, nomedamente com caças f-16 e tanques. Necdet Özel garantiu que o exército está disposto a “retaliar com mais força” se os ataques prosseguirem.

Uma movimentação que, segundo algumas fontes, é acompanhada pelo reforço da presença militar síria em cidades próximas da fronteira, como Idlib.

O crescendo de tensão levou já a NATO a preparar um plano de ação caso a Turquia solicite assistência à Aliança Atlântica.

A Rússia voltou ontem a rejeitar qualquer resolução contra a Síria na ONU, antes do presidente russo Vladimir Putin adiar para novembro uma visita a Ancara prevista para o final da semana.

O parlamento turco tinha aprovado, há dias, o reforço da presença militar junto à fronteira depois de um morteiro sírio ter morto 5 pessoas na aldeia de Akçakale.