Última hora

Ameaça terrorista na Indonésia

Ameaça terrorista na Indonésia
Tamanho do texto Aa Aa

Há uma nova ameaça terrorista na Indonésia, 10 anos depois dos atentados de Bali.

Esta sexta-feira, sobreviventes e familiares das vítimas reuniram-se na ilha palco daquele que ficou conhecido como o “11 de setembro indonésio”

O ataque de 12 de outubro de 2002 provocou cerca de 200 mortos, a maioria australianos.

“Estamos aqui hoje para recordar o pior ataque terrorista contra a nossa nação. Estamos aqui para lembrar os que perderam a vida e para condenar o ataque. Não vamos esquecer todos aqueles que perdemos” afirma Julia Gillard, primeira-ministra australiana.

A ameaça terrorista contra as cerimónias em Bali levou ao reforço da segurança, mas não afastou os amigos e os familiares das vítimas

“É muito triste. Passaram 10 anos. Perdemos dois amigos muito próximos e é, por isso, que estamos aqui hoje” afirma uma mulher.

Os atentados de 2002 foram perpetrados por um grupo com ligações à Al-Qaeda. Os, alegados, autores do ataque foram condenados e executados seis anos mais tarde.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.