Última hora

Última hora

Fim à vista para a saga TNK-BP?

Em leitura:

Fim à vista para a saga TNK-BP?

Fim à vista para a saga TNK-BP?
Tamanho do texto Aa Aa

Estará perto do fim o casamento complicado da britânica BP com os parceiros russos na TNK-BP. Segundo várias fontes, o consórcio de oligarcas AAR aceitou vender os 50% de capital que detém na petrolífera russa à Rosneff por 28 mil milhões de dólares.

É o fim de uma aliança tumultuosa entre a BP e a AAR, que começou em 2003.

A TNK-BP é a terceira petrolífera russa com a produção de 1,9 milhões de barris por dia. A Rosneff lidera com 2,6 mil barris diários. A Lukoil, com 2,2 milhões barris por dia, surge em segunda posição e, a confirmar-se o acordo AAR-Rosneff, será a única 100% privada entre as três primeiras petrolíferas.

Com a aquisição, a Rosneff, nas mãos do Kremlin, reforça a posição de maior petrolífera russa e aumenta o controlo estatal sobre o setor energético do país.

Há ainda a hipótese da Rosneff comprar também os 50% da BP na TNK-BP, que os britânicos puseram à venda em junho, devido ao longo conflito com os parceiros russos.

A rutura concretizou-se no ano passado quando os oligarcas russos impediram a BP de avançar com uma parceria com a Rosneff para a exploração de petróleo no Ártico.