Última hora

Berlusconi quer reformar justiça italiana

Berlusconi quer reformar justiça italiana
Tamanho do texto Aa Aa

Sílvio Berlusconi, disse, este sábado, que não será candidato ao cargo de primeiro-ministro, nas legislativas, previstas para a primavera de 2013, em Itália.

“Il Cavalieri” afirmou, no entanto, que pretende continuar na política e que terá como missão reformar o sistema judicial italiano.

“A nossa democracia não é real. Vivemos sob uma ditadura governada pelos juízes. Nós não vivemos em democracia, mas numa
‘magistraturocracia’. Então, sinto-me na obrigação de permanecer na política e concentrar a minha próxima atividade política na reforma da justiça em Itália”, assegurou Berlusconi.

O antigo primeiro-ministro italiano foi, esta sexta-feira, condenado a 4 anos de prisão por fraude fiscal no âmbito do chamado caso Mediaset.

Pouco tempo depois o tribunal anunciou que Berlusconi beneficiava de uma amnistia, sendo assim a pena reduzida para um ano.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.