Última hora
This content is not available in your region

Centenas de mortos em período de trégua na Síria

Centenas de mortos em período de trégua na Síria
Tamanho do texto Aa Aa

A confirmar as suspeitas dos mais cépticos o cessar-fogo na Síria durou escassas horas.

No mesmo dia em que entrou em vigor, 150 pessoas foram mortas em ataques aéreos e confrontos.

Caças sírios atacaram em Harat al-Shwam uma área residencial a poucos quilómetros a leste da capital.

Este foi um dos ataques mais violentos nos arredores da capital desde o início da utilização da aviação, há três meses.

Também ontem pelo menos 10 pessoas morreram num atentado com um carro-bomba nas proximidades de Damasco.

Desde sexta-feira, dia em que a trégua deveria ter entrado em vigor, mais de 300 pessoas morreram em todo o país.

O enviado especial das Nações Unidas e da Liga Árabe à Síria, Lakhdar Brahimi, está em Moscovo para analisar a crise na Síria, prestes a completar 20 meses e que matou mais de 33 mil pessoas.

Os governos da Rússia, da China e do Irão são os principais aliados do presidente sírio, Bashar al-Assad e que têm impedido o Conselho de Segurança de aprovar sanções contra o regime.