Última hora

Jovem jurista mata cinco pessoas depois de desgosto amoroso

Jovem jurista mata cinco pessoas depois de desgosto amoroso
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um jovem jurista russo matou a tiro cinco colegas na empresa farmacéutica onde trabalhava, em Moscovo.

Dmitri Vinogradov, de 30 anos, entrouna manhã desta quarta-feira no escritório que partilhava com os colegas, munido com duas armas semi-automáticas, e abriu fogo, abatendo três homens e duas mulheres antes de se render aos serviços de segurança.

Segundo meios de comunicação russos, o jovem passou os últimos cinco dias a consumir alcoól, depois de saber que a namorada, que trabalhava no mesmo local, tinha decidido acabar com a relação.

Antes de passar aos atos, Vinogradov publicou numa rede social russa uma carta na qual anunciava o “ódio pela humanidade e pela vida”.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.