Última hora

Última hora

França: manifestantes rejeitam proposta de casamento do governo

França: manifestantes rejeitam proposta de casamento do governo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de cem mil pessoas manifestaram-se este sábado, em França, contra a proposta do governo de equiparar os direitos dos casais homosexuais aos dos casais heterosexuais.

Os protestos foram convocados por vários grupos religiosos e apoiados pela hierarquia da igreja católica, depois do próprio Papa Bento XVI ter criticado a proposta do executivo francês e promessa eleitoral do presidente François Hollande.

Em Paris, cerca de 70 mil pessoas responderam ao apelo.

“Penso que uma criança necessita de um pai e de uma mãe. Precisa de afeto paternal e maternal e com este projeto-lei isso deixará de ser possível”, afirma uma manifestante.

Em Lyon, os responsáveis católicos e muçulmanos da cidade, assim como vários políticos conservadores desfilaram ao lado de 20 mil manifestantes.

Em Toulouse, como em outras cidades francesas, o protesto foi marcado por confrontos com contra-manifestações, tendo obrigado à intervenção da polícia.

A proposta do governo, batizada “casamento para todos” prevê alargar os direitos dos casais do mesmo sexo, em termos de benefícios fiscais e de acesso à adoção.

Os opositores ao projeto-lei convocaram já uma nova manifestação para o dia 13 de janeiro.