Última hora

Última hora

Novo investimento de 10.000 milhões de euros nos programas espaciais europeus

Em leitura:

Novo investimento de 10.000 milhões de euros nos programas espaciais europeus

Novo investimento de 10.000 milhões de euros nos programas espaciais europeus
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar da conjuntura económica difícil, a Europa continua a apostar no Espaço.

Os vinte Estados-membros da Agência Espacial Europeia chegaram a acordo para um investimento de 10 mil milhões de euros nos próximos dois a quatro anos.

O foguetão Ariane 5 terá uma versão melhorada, em 2017, enquanto se prepara a sexta geração, que poderá ver a luz do dia já em 2021.

O Conselho Ministerial da Agência Espacial Europeia, reunido nos últimos dois dias na cidade italiana de Nápoles, conseguiu assim obter um compromisso entre a França e a Alemanha – os dois principais contribuintes – acerca do futuro do foguetão europeu.

Os ministros renovaram também o compromisso europeu na exploração da Estação Espacial Internacional, pelo menos até 2020.

Os Estados-membros aprovaram também uma colaboração de envergadura com a NASA no projeto do novo vaivém norte-americano, apelidado Orion.