Última hora

Greenpeace prossegue campanha contra o uso de produtos tóxicos na indústria têxtil

Greenpeace prossegue campanha contra o uso de produtos tóxicos na indústria têxtil
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Zara voltou a ser alvo dos ambientalistas da Greenpeace que protestam contra o uso de produtos químicos tóxicos na fabricação das roupas. Levi’s, Mango, Diesel, Calvin Klein ou H&M são outras das marcas de vestuário onde os ecologistas descobriram a utilização de químicos proibidos na União Europeia e que poluem a água, podendo mesmo provocar cancro. Algumas marcas já se comprometeram a “descontaminar” a sua cadeia de produção.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.