A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Exército congolês retoma controlo da cidade de Goma

Exército congolês retoma controlo da cidade de Goma
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O exército da República Democrática do Congo restabeleceu o controlo em Goma, a principal cidade da rica província do Norte Kivu.

Os soldados chegaram dois dias depois de os rebeldes do M23 terem abandonado a região, à espera do início das negociações com o governo de Kinshasa.

Os rebeldes tinham tomado conta da cidade no dia 20 de novembro, com a ajuda do Rwanda e do Uganda. A contribuição dos dois países ficou confirmada no relatório de peritos apresentado ao Conselho de Segurança da ONU, apesar de Kigali e Kempala continuarem a negar.

A incerteza reina ainda sobre as negociações entre o governo congolês e os rebeldes e não há, para já datas fixadas, mas as populações de Goma não escondem a alegria de ver os soldados de volta:

“Estou muito feliz por ver o exército na cidade. O M23 estava a assediar os civis e eu vi com os meus olhos matarem duas pessoas. Estou feliz pelo regresso dos soldados e espero que agora tudo fique bem”.

O ministro congolês do Interior, que esta segunda-feira esteve na cidade de Goma, disse que as negociações podem começar nos próximos dias, mas é preciso que os rebeldes cumpram a promessa de retirar para mais de 20 quilómetros de distância da cidade, o que ainda não aconteceu.