Última hora
This content is not available in your region

Exército congolês retoma controlo da cidade de Goma

Exército congolês retoma controlo da cidade de Goma
Tamanho do texto Aa Aa

O exército da República Democrática do Congo restabeleceu o controlo em Goma, a principal cidade da rica província do Norte Kivu.

Os soldados chegaram dois dias depois de os rebeldes do M23 terem abandonado a região, à espera do início das negociações com o governo de Kinshasa.

Os rebeldes tinham tomado conta da cidade no dia 20 de novembro, com a ajuda do Rwanda e do Uganda. A contribuição dos dois países ficou confirmada no relatório de peritos apresentado ao Conselho de Segurança da ONU, apesar de Kigali e Kempala continuarem a negar.

A incerteza reina ainda sobre as negociações entre o governo congolês e os rebeldes e não há, para já datas fixadas, mas as populações de Goma não escondem a alegria de ver os soldados de volta:

“Estou muito feliz por ver o exército na cidade. O M23 estava a assediar os civis e eu vi com os meus olhos matarem duas pessoas. Estou feliz pelo regresso dos soldados e espero que agora tudo fique bem”.

O ministro congolês do Interior, que esta segunda-feira esteve na cidade de Goma, disse que as negociações podem começar nos próximos dias, mas é preciso que os rebeldes cumpram a promessa de retirar para mais de 20 quilómetros de distância da cidade, o que ainda não aconteceu.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.