Última hora
This content is not available in your region

FED anuncia novos estímulos para apoiar retoma económica

FED anuncia novos estímulos para apoiar retoma económica
Tamanho do texto Aa Aa

A Reserva Federal norte-americana (FED) tenta impulsionar a retoma económica norte-americana com mais estímulos.

Na última reunião do ano, o Banco central dos Estados Unidos, presidido por Ben Bernanke, decidiu lançar um novo programa de compra de títulos do Tesouro. A operação, dotada com 45 mil milhões de dólares mensais, vai substituir o programa “Twist”, que terminava no fim do mês. A isto junta-se a aquisição mensal, já em curso, de 40 mil milhões de dólares de títulos hipotecários.

A FED quer também manter as taxas de juro próximas de zero, enquanto a taxa de desemprego continuar acima dos 6,5%. A descida tem sido lenta. Em novembro, a taxa estava nos 7,7%.

A retoma económica dos Estados Unidos é frágil.

Os norte-americanos estão a reduzir o consumo e as empresas congelam investimentos e contratações, temendo o precipício orçamental. Sem acordo entre democratas e republicanos, a economia norte-americana poderá ser arrastada para a recessão em 2013, sob efeito da subida dos impostos e do corte nas despesas públicas a partir de janeiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.