Última hora
This content is not available in your region

Tabalhadores humanitários atacados no Paquistão

Tabalhadores humanitários atacados no Paquistão
Tamanho do texto Aa Aa

No Paquistão continuam os ataques contra
associações humanitárias apoiados pelas Nações Unidas que estão a vacinar populações contra a poliomielite.

Os ataques desta quinta feira surgem um dia depois de cinco mulheres do grupo de vacinação terem sido mortas no sul e noroeste do Paquistão.

“Basicamente, não há nenhum problema com a vacina. As mulheres trabalhadoras estavam a fazer uma espécie de culto, e eu acredito que os verdadeiros culpados por trás de suas mortes são Shakil Afridi e seus patrocinadores”.

O porta-voz talibã, Ahsanullah Ahsan, assumiu a responsabilidade dos ataques de terça-feira. O Paquistão é um dos três países do mundo onde a poliomielite é endémica.

Os últimos ataques tiveram lugar nas cidades de Peshawar, Charsadda e Nowshera, e provocaram um ferido grave a um funcionário que se encontra em estado crítico.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.