Última hora
This content is not available in your region

Genro diz que Chávez está "estável" mas oposição questiona versão oficial

Genro diz que Chávez está "estável" mas oposição questiona versão oficial
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente venezuelano está ou não às portas da morte?

Desde que chegou a Havana, há três semanas, para uma nova operação contra um cancro, têm-se multiplicado rumores da deterioração do estado de saúde de Hugo Chávez.

O ministro da Ciência e Tecnologia e genro de Chávez, Jorge Arreaza, garante que o chefe de Estado está “estável”, apesar de apresentar um “quadro delicado”.

Em Cuba, o vice-presidente Nicolás Maduro anunciou no domingo um agravamento do estado de Chávez. Na terça-feira garantia, no entanto, que ele está “consciente da complexidade do seu estado”, depois de dois encontros com o presidente.

O irmão mais velho e governador de Barinas, Adán Chávez, chegou ontem à capital cubana.

Em La Paz, o presidente boliviano dizia ao mesmo tempo ter falado com os familiares de Chávez que se encontram em Cuba. Evo Morales frisou que “ a situação é muito preocupante”.

A uma semana da data prevista para o início do próximo mandato presidencial de Chávez, a 10 de Janeiro, a oposição exige a “verdade”, considerando que a versão oficial “oculta mais informação do que a que dá”.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.