Última hora
This content is not available in your region

Supremo Tribunal da Venezuela apoia mandato de Chávez

Supremo Tribunal da Venezuela apoia mandato de Chávez
Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal venezuelano decidiu que Hugo chávez continua a ocupar a presidência da Venezuela, apesar das notícias que o dão como gravemente doente e mesmo em estado de coma.
 
O mesmo tinha sido dito pelo vice-presidente Nicolas Maduro, que  garante que Chávez continua no poder, mesmo sem poder tomar posse esta quinta-feira, como estava previsto: “O presidente está no exercício do cargo de Chefe de Estado e governo. Em lado nenhum a constituição classifica isto como uma falta. Não diz que seja falta temporária ou permanente. Pelo contrário, dá flexibilidade, porque respeita a vontade popular, a vontade da nação”, disse o número dois venezuelano.
 
Desde a última operação, a 11 de dezembro em Cuba, que Chávez não aparece. O Presidente, reeleito para um quarto mandato, sofre de um cancro que o obrigou já a quatro cirurgias.
 
A oposição pede que seja nomeado um governo interino.
 
Amado por uns e odiado por outros, a verdade é que é por Chávez, no poder há 14 anos, que reza uma grande parte do país.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.