Última hora
This content is not available in your region

Malineses aliviados com intervenção militar francesa

Malineses aliviados com intervenção militar francesa
Tamanho do texto Aa Aa

Para os habitantes de Bamaco, a capital do Mali, a chegada de tropas francesas é um passo positivo, depois de os islamitas terem tomado a cidade estratégica de Konna.

Os malineses esperam que os militares franceses consigam bloquear o avanço dos rebeldes islamitas, que já controlam o norte do Mali

“É verdade que esta intervenção da França, no nosso país, em relação a esta situação, no norte, que nos preocupa bastante – não pudemos dormir ontem à noite -, considero que é uma espécie de libertação que a França intervenha, tanto mais que era um ponto estratégico, tendo em conta a ocupação do nosso país”, diz um habitante. Outro corrobora: “No que diz respeito aos nossos compatriotas, que estão no norte, estamos um pouco inquietos, mas penso que a situação vai melhorar. O que nos interessa, agora, é a libertação total do Mali.”

A intervenção francesa visa não só libertar o Mali como também proteger os seis mil cidadãos franceses que moram no país, sete dos quais foram capturados.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.