Última hora
This content is not available in your region

Os desafios do segmento da relojoaria de luxo

Os desafios do segmento da relojoaria de luxo
Tamanho do texto Aa Aa

O Salão Internacional de Alta Relojoaria, em Genebra, serve para medir a pulsação ao mercado do luxo. Este ano esperam-se menos visitantes e os fabricantes de relógios, apesar de resistentes à crise, também sentem os efeitos.

Os resultados trimestrais da Richemont desiludiram e o maior fabricante mundial de relógios, o grupo Swatch, espera este ano um crescimento de 5 a 10%, contra 22% em 2011. A culpa é da queda da procura asiática, a começar pelo mercado chinês.

Mas o interesse pelos relógios de grandes marcas continua a ser grande, graças à categoria de compradores que investem, acreditando que “tempo é dinheiro”.