Última hora
This content is not available in your region

Nova aparição do presidente sírio durante cerimónia religiosa em Damasco

Nova aparição do presidente sírio durante cerimónia religiosa em Damasco
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente sírio Bashar Al-Assad surgiu, esta quinta-feira, na televisão pública, por ocasião das cerimónias religiosas do aniversário do nascimento do profeta Moamé, em Damasco.

Trata-se da primeira aparição desde o seu último discurso no dia 6 de janeiro, depois de ter voltado a recusar discutir uma solução para resolver o conflito que dura há quase dois anos.

Uma solução que continua a não passar pelo apoio à oposição, para o presidente russo e aliado de Assad.

Em Moscovo, Vladimir Putin afirmou-o de forma implícita, ao evocar a situação síria, lembrando que, “a revolta na Líbia contribuiu para fomentar armas responsáveis pela atual guerra no Mali e por consequência, o sequestro de estrangeiros na Argélia”.

Com o apoio implícito de Moscovo e explícito do Irão, o regime sírio prossegue, pelo quinto dia, os bombardeamentos sobre a cidade rebelde de Homs.

A tensão mantém-se presente também na fronteira com a Turquia, onde membros do exército livre sírio se envolveram em confrontos com rebeldes curdos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.