A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Azerbaijão vive vaga inédita de protestos

Azerbaijão vive vaga inédita de protestos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Num país muito pouco habituado a manifestações, a que decorreu este sábado, no centro de Baku, a capital do Azerbaijão, foi rapidamente desmantelada pela polícia.

Cerca de 40 ativistas foram detidos por protestarem contra o que chamam de “opressão” por parte do presidente Ilham Aliyev e contra a corrupção que continua a agravar o fosso entre ricos e pobres, num país que abastece a Europa de petróleo e de gás natural. Muitos grupos de direitos humanos denunciam constantes atropelos cometidos pelo governo de Aliyev.

O ajuntamento também se destinava a apoiar os participantes de um outro protesto que aconteceu na passada quarta-feira, na cidade de Ismaili, a norte de Baku. Um incidente envolvendo um empresário local degenerou em violência entre centenas de habitantes e as autoridades. Um hotel e vários veículos foram incendiados.