A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Novo inquilino no Castelo de Praga

Novo inquilino no Castelo de Praga
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A República Checa tem um novo presidente. O antigo primeiro-ministro Milos Zeman triunfou nas primeiras presidenciais diretas do país. Analista económico, de esquerda e antigo membro do partido comunista durante a época soviética é defensor de uma maior integração europeia, chegando mesmo a intitular-se euro federalista.

Reuniu 55 % dos votos e derrotou o ministro dos negócios estrangeiros Karel Schwarzenberg, aristocrata de direita de 75 anos.
A participação no escrutínio foi de 59 %.

Haverá a partir de agora uma abordagem europeia, diferente já que o anterior chefe de Estado, Vaclav Klaus, é considerado um eurocético.

Uma das primeiras mudanças poderá mesmo ser o hastear da bandeira da União Europeia no castelo de Praga, a residência oficial do Presidente checo.