A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Professores protestam em Lisboa 

Professores protestam em Lisboa 
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Do Marquês de Pombal ao Rossio, foram milhares de professores, 40 mil segundo os organizadores, a percorrer o coração de Lisboa este sábado, numa manifestação contra os cortes previstos no relatório do FMI para o setor da Educação.
 
Perante múltiplos apelos à demissão do ministro Nuno Crato, o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, lançou mais uma ação de protesto, a saber, um período de luto nas escolas, entre 18 e 22 de fevereiro.
 
A manifestação começou com cerca de uma hora de atraso devido a um acidente na A1 com um camião de transporte de porcos, bloqueando a passagem de uma centena de autocarros que transportava os docentes.