A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Vinte e um condenados à morte pelos distúrbios de Port Said

Vinte e um condenados à morte pelos distúrbios de Port Said
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal egípcio ditou sentença de morte a 21 pessoas dadas como culpadas de violência nos incidentes de Port Said futebol, no âmbito dos quais 74 pessoas perderam a vida.

O juiz, Abdel Maguid Sobhy, leu uma lista de nomes. Setenta e três pessoas foram acusadas de ter participado, no dia 1 de fevereiro de 2012 nos violentos confrontos no final de um jogo entre o Cairo Al Ahly e Al-Masry.

No tribunal, nos arredores de Cairo, famílias das vítimas aplaudiram e alguns choraram de emoção.

Os espectadores foram esmagados quando a multidão em pânico tentava fugir
do estádio depois de uma invasão de campo pelos adeptos do Al-Masry.