Última hora
This content is not available in your region

Forças conjuntas no Mali conquistam cidade de Gao

Forças conjuntas no Mali conquistam cidade de Gao
Tamanho do texto Aa Aa

É considerada a mais importante conquista militar, até ao momento, na operação conjunta no Mali: o Ministério da Defesa francês anunciou a libertação da cidade de Gao, uma das maiores do norte do país, tendo assumido o controlo do aeroporto local.

Um contigente composto por soldados do Níger e do Chade vai, agora, garantir a segurança desta área.

O autarca de Gao, Sadou Diallo, refugiado na capital, Bamako, veio agradecer à França e, sobretudo, “ao seu presidente que respondeu ao apelo do presidente maliano.”

Recorde-se que Gao era o bastião do movimento islamista radical Mujao, conhecido por amputar sucessivamente pessoas acusadas de roubo. As tropas malianas e francesas avançam, agora, mais para norte, rumo aos redutos de grupos como o Ansar Dine, cuja coesão parece estar em causa. Timbuktu é o objetivo mais simbólico desta incursão.

A Comunidade Económica da África Ocidental anunciou a mobilização de seis mil soldados, incluindo os cerca de dois mil que o Chade disponibilizou.