Última hora

Ariel Sharon mantém "atividade consciente" em coma induzido

Ariel Sharon mantém "atividade consciente" em coma induzido
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Há sete anos que Ariel Sharon se encontra em estado vegetativo, depois de sofrer uma série de acidentes cardiovasculares.

Mas uma bateria de novas ressonâncias magnéticas, realizadas no centro médico onde se encontra internado, em Beersheba, revela que o antigo primeiro-ministro israelita, de 84 anos, ainda manifesta atividade consciente. A equipa de neurologistas detetou respostas cerebrais ao mostrar a Sharon fotografias de familiares.

Segundo o Professor Alon Friedman, “é impossível fazer projeções, neste momento. Mas é muito importante para a sua família e para a equipa médica saber que ele consegue processar informação e demonstrar um certo grau de consciência.”

No entanto, considera-se pouco provável que venha a despertar do coma que lhe foi induzido na sequência de dois derrames cerebrais, o primeiro em dezembro de 2005, outro um mês depois. Na altura, Sharon chefiava o executivo israelita e tinha acabado de deixar o Likud para fundar um novo partido, o Kadima, mais moderado e a favor do diálogo com os palestinianos. Foi Ehud Olmert quem o substituiu no cargo de primeiro-ministro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.