Última hora

Mali: Franceses em Kidal reúnem-se com representantes do Movimento Islâmico de Azawad

Mali: Franceses em Kidal reúnem-se com representantes do Movimento Islâmico de Azawad
Tamanho do texto Aa Aa

As forças francesas que entraram na cidade maliana de Kidal reuniram-se com representantes do grupo independentista Movimento Islâmico de Azawad.

O MIA nasceu de uma dissidência com o Ansar Dine e rejeita o terrorismo. Defender uma “solução pacífica” para a crise no norte do Mali.

Contudo, o Movimento Nacional para a Libertação de Azawad também é muito influente na região. Tem orientação étnica e luta pelos direitos da minoria tuaregue no Mali.

Em Tombuctu, responsáveis pelos manuscritos preciosos que se pensava terem sido destruídos, afirmaram que foram salvos mais de 90%, postos a salvo antes da chegada dos islamitas.

Nas ruas festeja-se o fim da imposição da sharia e as pessoas voltam a cantar.

“Regressámos à vida normal. À vida que tínhamos antes com as artes e a música folclórica”, disse uma mulher.

As antenas que servem a rede de telemóveis, destruídas pelos islamitas, ainda não foram reparadas, mas nas lojas, que entretanto reabriram, não faltam telefones portáteis nas montras.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.