Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Egipcios nas ruas para a "sexta-feira da dignidade"

Egipcios nas ruas para a "sexta-feira da dignidade"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A chamada sexta-feira da dignidade levou milhares de pessoas às ruas do Egito. Uma manifestação convocada por 38 partidos da oposição contra o governo e a presidência, dominados pela irmandade muçulmana.

Os protestos acontecem dias depois de terem sido publicadas Fátuas, ordens religiosas, contra a vida de dois líderes da oposição e de outros episódios de brutalidade policial.

A oposição exige ao presidente
Mohamed Mursi e ao governo de tendência islâmica a concretização dos objetivos da revolução, ou seja, a criação de um governo de unidade nacional, alterações à constituição, redigida por uma comissão dominada por islamitas, e garantias da independência do poder judicial.