Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Geórgia: Batalha política vira batalha campal

Geórgia: Batalha política vira batalha campal
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Geórgia, o braço-de-ferro entre o presidente Mikhail Saakashvili e o primeiro-ministro Bidzina Ivanishvili descambou numa batalha campal, frente à biblioteca onde o presidente iria fazer um discurso.

Esta coabitação, a primeira desde o fim da era soviética está a ser difícil e os dois homens estão numa guerra aberta: o presidente do parlamento impediu Saakashvili de discursar na assembleia.

O discurso foi então deslocado para a Biblioteca Nacional, mas a história acabou com a agressão do presidente da câmara de Tbilissi e outros apoiantes de Saakashvili: “É uma violação direta da Constituição da Geórgia, impedir o presidente de se dirigir ao parlamento e ao povo. Infelizmente, tudo isto está a ser perpetrado pelo primeiro-ministro e pelos seus apoiantes”, disse o vice-presidente do parlamento, Giorgy Baramidze.

Saakashvili está a passar pela prova mais dura desde que chegou à presidência em 2004, na sequência da “Revolução das Rosas”.