A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Como curar o vício do Facebook?

Como curar o vício do Facebook?
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com 500 milhões de “likes” por dia, o Facebook, tal como o Twitter, é uma rede social extremamente viciante. A clínica londrina Tavistock and Portman e a escritora Gemini Adams, ela própria uma viciada confessa, tentam dar soluções às pessoas que se sentem afetadas por este problema que já tem um nome – a síndroma de adição às redes sociais.