A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Gregos de novo na rua contra medidas de austeridade

Gregos de novo na rua contra medidas de austeridade
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhar de gregos voltaram a sair à rua, esta quarta-feira. Os manifestantes protestam contra as medidas de austeridade, numa altura em que os credores se preparam para verificar os efeitos dessas medidas.

As palavras de ordem foram contra os cortes salariais e os impostos elevados. “Ladrões” foi uma das acusações mais ouvidas.

Um dos manifestantes afirmou: “Os trabalhadores estão a sofrer e têm apenas una escolha, resistir enquanto puderem, caso contrário vão ver-se de costas contra a parede, e têm de evitar isso”, e um líder sindical acrescentou: “Esta catástrofe tem de acabar agora. Este erro tem de ser corrigido imediatamente e não depois das eleições alemãs, porque dá jeito à sra Merkel, quando for demasiado tarde.”

Os manifestantes alinharam-se com uma greve geral que fez parar os transportes marítimos, fechou escolas e deixou hospitais abertos apenas para receber casos urgentes.
Em Atenas, a polícia anti-distúrbios teve de intervir para acalmar os ânimos.