A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Governo japonês quer Haruhiko Kuroda à frente do BoJ

Governo japonês quer Haruhiko Kuroda à frente do BoJ
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O governo japonês quer colocar um defensor de uma política monetária agressiva na liderança do Banco Central do Japão (BoJ).

Segundo a imprensa nipónica, o executivo vai propor, esta semana, ao parlamento a nomeação do atual presidente do Banco Asiático de Desenvolvimento, Haruhiko Kuroda.

Desde que tomou posse em dezembro, o primeiro-ministro Shinzo Abe tem exigido uma política de estímulos para reanimar a economia. O atual governador tem cedido debaixo de grande pressão. O Banco do Japão tem mantido as taxas de juro próximas de zero e este ano já anunciou um vasto programa de estímulos.

Os rumores da nomeação de Kuroda levaram a moeda nipónica para mínimos de 33 meses.