Última hora
This content is not available in your region

Portugal acentua desemprego na Zona Euro

Portugal acentua desemprego na Zona Euro
Tamanho do texto Aa Aa

Portugal era em janeiro de 2013 o terceiro país da Zona Euro com mais desempregados: 17,6 por cento. Mas é a Grécia que lidera a lista com 27 por cento da poulação ativa sem trabalho, segundo dados de novembro de 2012.

Em Itália, a população ativa sem trabalho aumentou em janeiro para 11,7 por cento. Mas é Espanha, com 26,2 por cento, que ocupava em janeiro a segunda posição no top do desemprego na Zona Euro, onde a taxa subiu no geral para os 11,9 por cento.

O desemprego é, obviamente, um problema que afeta a produção europeia. Na Zona Euro, a produção recuou 2,4 por cento e na União Europeia 2,3. São dados de dezembro revelados esta sexta-feira pelo Eurostat e nos quais é reportado o recuo de 4 por cento da produção industrial portuguesa.

Ainda assim, de um modo geral, a queda de produção da Zona Euro foi menor em dezembro do que em novembro (-4 por cento) e outubro (-3,4 por cento). O mesmo aconteceu em toda a União Europeia (-3,6 por cento em novembro e -3 por cento em outubro).

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.