Última hora
This content is not available in your region

Cardeais querem Papa com experiência no terreno

Cardeais querem Papa com experiência no terreno
Tamanho do texto Aa Aa

Um homem com experiência no terreno é preferível a alguém do aparelho do Vaticano. Esta é uma das conclusões dos cardeais no segundo dia de reuniões preparatórias para o Conclave.

Os temas abordados nestes encontros são, por norma, mantidos em segredo e desconhece-se até que ponto o pedido feito na véspera sobre o caso Vatileaks foi ou não atendido.

“Há muito que o escândalo Vatileaks domina as páginas da imprensa. Pessoalmente não entendo a importância desta questão para o Conclave. Estou confiante que os os cardeais vão partilhar, entre si, as informações que considerem relevantes para a tomada desta decisão tão importante” afirma o cardeal Sean Patrick O’Malley.

Mais do que a troca de informações, alguns cardeais querem ver o relatório que muitos suspeitam ter pesado na renúncia do Papa. Uma exigência que está a dividir o próprio Vaticano. Bento XVI deixou claro que o teor do documento só deve ser revelado ao sucessor.

A Euronews tentou falar sobre esta questão com um dos cardeais presente nas congregações gerais, mas sem sucesso.

“Somos homens de fé, não temos medo. Estamos muito felizes e vai tudo correr bem. Temos confiança em Deus” palavras de John Onaiyekando arcebispo de Abuja, na Nigéria.

Os preparativos para o Conclave prosseguem esta quarta-feira, altura em que os cinco cardeais eleitores, em falta, devem chegar a Roma.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.