Última hora
This content is not available in your region

Letónia pede para aderir ao euro

Letónia pede para aderir ao euro
Tamanho do texto Aa Aa

Em 2014, os letões poderão deixar de usar o lat para passar a usar o euro. A Letónia, que entrou na União Europeia há 9 anos, apresentou as suas razões aos ministros das Finanças da União Europeia, estar terça-feira, em Bruxelas.

A Comissão Europeia e o Banco Central Europeu vão analisar o pedido do ponto de vista técnico, mas um analista do Instituto Bruegel está otimista de que esta tentativa, a segunda,será bem sucedida.

“A Letónia fez progressos muito significativos em termos de ajustamento da economia para ser mais moderna e competitiva. Logo, penso que em termos de cumprir os critérios tem boas hipóteses de obter da Comissão Europeia uma decisão positiva, ainda este ano”, explicou Gunthram Wolf.

Para o analista, esta pode ser também uma lição para aqueles que anunciaram o fim do euro: “Penso que é um bom sinal ainda haver países interessados ​​em juntarem-se à zona euro, apesar de todas as dificuldades que ela vive”.

O governo deste pequeno e pobre país do Báltico considera que a moeda única vai ajudar a aumentar o investimento estrangeiro. Mas o povo letão teme o aumento dos preços, como aconteceu na vizinha Estónia, quando aderiu ao euro há dois anos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.