Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Corpo de Chávez vai a enterrar esta sexta-feira

Corpo de Chávez vai a enterrar esta sexta-feira
Tamanho do texto Aa Aa

A Venezuela está de luto. Na última noite, e à semelhança do que acontece esta quinta-feira, milhares de pessoas prestaram homenagem a Hugo Chávez.

Há muito que o chefe de Estado venezuelano lutava contra o cancro. Morreu esta terça-feira aos 58 anos de idade.

Amado por uns, odiado por outros Chávez assumiu-se desde cedo como uma figura pouco consensual dentro e fora do país. Mas para os mais desfavorecidos, a subida ao poder do Comandante, como era conhecido, fez toda a diferença:

“Gostava muito do presidente, tanto eu como a minha família. Porque se não fosse Hugo Chávez não estaríamos a viver num apartamento com o mínimo de condições. O presidente era uma boa pessoa” afirma um jovem.

Chavéz governou a Venezuela ao longo dos últimos 14 anos. Em outubro, foi reeleito para um novo mandato que não chegou a assumir.

Para muitos o presidente continua vivo e foi essa a mensagem deixada, na véspera, durante o cortejo fúnebre entre o hospital e a Academia Militar ao longo de um percurso de oito quilómetros.

O corpo de Chávez vai a enterrar esta sexta-feira.