A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Ex-ministro britânico condenado a prisão

Ex-ministro britânico condenado a prisão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Reino Unido, o antigo ministro da Energia, Chris Huhne, e a ex-mulher, Vicky Pryce, foram condenados a oito meses de prisão por terem mentido à Justiça.

Em 2003 uma série de multas de excesso de velocidade foram assumidas por Vicky mas quem cometeu as infrações foi o então marido, Chris Huhne.

Mas só em 2011 é que o caso foi tornado público, quando a ex-mulher o denunciou por vingança.

Vicky Pryce tornou o assunto público após o marido ter assumido uma relação com uma funcionária do seu gabinete. O caso pôs fim a 26 anos de casamento.

No início, Huhne negou as acusações mas, em fevereiro do ano passado, acabou por se demitir do governo e, mais tarde, deixar a Câmara dos Comuns, declarando-se culpado de obstrução à justiça.

Antes do escândalo rebentar, Huhne era visto como um possível futuro líder dos liberais democratas.